Flag

An official website of the United States government

Governo dos E.U.A. Financia Novo Centro de Saúde para Fortalecer Resposta ao HIV/SIDA na Província de Maputo
6 MINUTE READ
Novembro 12, 2021

A Chefe Adjunta da Missão dos E.U.A. em Moçambique, Abigail Dressel, e o Governador da Província de Maputo, Júlio José Parruque, visitam expositor de feira de saúde durante inauguração do Centro de Saúde de Matola Santos.

 

 

COMUNICADO DE IMPRENSA

————————————————————————————————————————————

Governo dos E.U.A. Financia Novo Centro de Saúde para Fortalecer Resposta ao HIV/SIDA na Província de Maputo

12 de Novembro de 2021 – A Chefe Adjunta da Embaixada dos Estados Unidos em Moçambique, Abigail Dressel, juntou-se hoje ao Governador da Província de Maputo, Júlio José Parruque, e outros dignatários para inaugurar o Centro de Saúde Matola Santos. A unidade irá oferecer serviços essenciais de saúde, incluindo de HIV/SIDA, neste bairro da cidade da Matola.

Resultado de um esforço conjunto das autoridades de saúde da província de Maputo, do Governo dos Estados Unidos, através dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças dos E.U.A. (CDC), da Fundação ARIEL e da Igreja Anglicana, a unidade de saúde foi construída como resposta a uma análise de dados de saúde que indicou a necessidade de uma cobertura melhorada de serviços de saúde na comunidade da Matola Santos. Financiada pelo Plano de Emergência do Presidente dos Estados Unidos para o Alívio do SIDA (PEPFAR) em 730 mil dólares, a clínica deverá servir cerca de 56,000 pessoas daquela comunidade.

Além de oferecer, serviços para a prevenção da transmissão vertical do HIV de mãe para filho, a Chefe Adjunta da Embaixada dos E.U.A., Abigail Dressel, explicou que a clínica irá “testar e tratar pacientes com HIV/SIDA, tuberculose, malária e outras doenças, e fornecer outros serviços essenciais de saúde para a comunidade”.

O projecto de construção incluiu uma área para recepção e arquivo, consultórios, laboratório, farmácia, Serviços Amigos dos Adolescentes e Jovens (SAAJ), casas de banho para funcionários e pacientes, e uma cozinha. A instalação de um sistema de transformação e distribuição de electricidade, bem como um tanque de captação de água também foram contemplados no projecto.

Proferindo o seu discurso, a Chefe Adjunta da Embaixada dos E.U.A. observou que este investimento foi feito como parte de um compromisso global do Governo dos Estados Unidos para responder à epidemia do HIV/SIDA, que salvou e melhorou milhões de vidas em todo o mundo desde 2004.

“Graças a estes investimentos e aos nossos esforços combinados, mais de 1,5 milhão de moçambicanos estão a receber tratamento para o HIV. E no ano passado, ajudamos a construir e abrir quatro laboratórios que expandiram amplamente o acesso a serviços de qualidade para HIV e tuberculose”, referiu Abigail Dressel.

O Governo dos Estados Unidos também está a apoiar Moçambique para fortalecer a resiliência contra a pandemia da COVID-19, por meio de uma parceria de longa data entre os dois países. Até Agosto de 2021, foram investidos mais de 60 milhões de dólares na prevenção, testagem, triagem e tratamento dos casos de COVID-19 no país. Os Estados Unidos também doaram mais de 630.000 vacinas de dose única ao povo de Moçambique para ajudar a avançar na resposta à pandemia a nível nacional.

Desde 2001, os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças dos E.U.A. têm trabalhado em estreita colaboração com o Governo de Moçambique, organizações não-governamentais e parceiros multilaterais para enfrentar alguns dos desafios de saúde pública mais significativos de Moçambique, incluindo o HIV, a tuberculose, a malária e a COVID-19. Para obter mais informações sobre o trabalho de saúde global do CDC, visite www.cdc.gov. .

Para mais informações respeitantes a este comunicado de imprensa, queira contactar a Secção de Imprensa da Embaixada dos E.U.A. pelo MaputoPress@state.gov

###