Flag

An official website of the United States government

Governo dos E.U.A. Celebra Parceria com Moçambique para Prevenir, Tratar e Eliminar a Malária
6 MINUTE READ
Abril 22, 2022

Criança recebendo uma rede mosquiteira tratada com insecticida numa distribuição escolar no distrito de Namaroi, província da Zambézia

 

 

COMUNICADO DE IMPRENSA

————————————————————————–

Governo dos E.U.A. Celebra Parceria com Moçambique para Prevenir, Tratar e Eliminar a Malária

25 de Abril de 2022 – Em reconhecimento do Dia Mundial da Malária, o Governo dos E.U.A. celebra os avanços que Moçambique tem feito na prevenção e tratamento da malária e reafirma o seu compromisso de continuar a apoiar os esforços de Moçambique para eliminar a doença mortal.  Desde 2007, o Governo dos Estados Unidos investiu mais de 416 milhões de dólares para ajudar o Governo de Moçambique e os seus corajosos profissionais de saúde a combater a malária em Moçambique.

“Juntos, os Estados Unidos e Moçambique lutam contra a malária há mais de 15 anos”, disse o Embaixador dos E.U.A. em Moçambique Peter H. Vrooman.  “Os investimentos que fazemos em conjunto com o objectivo de acabar com as mortes relacionadas à malária não só salvam vidas agora, como também ajudam a preparar a resposta a futuras ameaças para a saúde.”

Rociador aplicando insecticida

O Governo dos E.U.A., através da Iniciativa do Presidente dos E.U.A. contra a Malária (PMI), estabeleceu uma parceria com o Governo de Moçambique, em particular com o Programa Nacional de Controlo da Malária, visando fazer progressos significativos no combate a esta doença mortal.  Esta assistência vital inclui medicamentos e tratamentos preventivos, formação de trabalhadores da saúde, pulverização residencial, redes mosquiteiras tratadas com insecticida, e melhor monitorização de dados e equipamento de laboratório.   Só em 2021, o PMI contribuiu para a entrega de 31 milhões de testes de diagnóstico rápido da malária e mais de 15 milhões de doses de medicamentos de acção rápida a unidades sanitárias e comunidades em todo o país.  Além disso, o PMI formou mais de 10.000 trabalhadores da saúde que melhoraram a sua capacidade de detectar e tratar a malária, ao mesmo tempo que reforçaram o sistema de saúde em geral e forneceram competências-chave para combater a COVID-19 e os desafios de saúde futuros.  Juntos, os governos dos E.U.A. e de Moçambique ajudaram a aumentar a percentagem de famílias que utilizam redes mosquiteiras de 16 por cento em 2007 para 82 por cento actualmente, e a diminuir a taxa nacional de mortalidade infantil em 37 por cento no mesmo período.

A malária continua a ser uma das doenças mais antigas e mortíferas do mundo.  A Organização Mundial de Saúde reportou a morte de mais de 600.000 pessoas devido à malária em 2020, 96 por cento das quais em África.  O Governo dos Estados Unidos continua determinado em apoiar o povo de Moçambique no combate à malária e a outras doenças.  Em estreita colaboração com o Governo de Moçambique, o Governo dos E.U.A. fornece mais de 500 milhões de dólares em assistência anual para ajudar Moçambique a construir um país mais saudável, mais seguro, mais democrático, e mais próspero para todos os cidadãos. 

A Iniciativa do Presidente dos E.U.A. contra a Malária (PMI) apoia 24 países parceiros na África Subsariana e 3 programas na sub-região do Grande Mekong no Sudeste Asiático para controlar e eliminar a malária. Liderado pela Agência dos E.U.A. para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e implementado em conjunto com os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, o PMI proporciona intervenções de baixo custo e que salvam vidas – tais como: redes mosquiteiras tratadas com insecticida, pulverização residual interna, e medicamentos essenciais – e investe em trabalhadores da saúde e sistemas de saúde para acelerar a luta global contra esta doença infecciosa mortal.  Graças à generosidade do povo americano, o PMI beneficia anualmente mais de 700 milhões de pessoas em risco de contrair malária em todo o mundo.

Para mais informações sobre este comunicado de imprensa, por favor contacte o Gabinete de Imprensa da Embaixada dos Estados Unidos em MaputoPress@state.gov.

####