Flag

An official website of the United States government

Líderes do PEPFAR, Fundo Global e ONUSIDA visitam Moçambique em apoio a uma resposta sustentável ao HIV/SIDA
6 MINUTE READ
Junho 16, 2023

 

COMUNICADO DE IMPRENSA

————————————————————————–

Líderes do PEPFAR, Fundo Global e ONUSIDA visitam Moçambique em apoio a uma resposta sustentável ao HIV/SIDA

16 de Junho de 2023 – O Embaixador Dr. John N. Nkengasong, Coordenador Global do SIDA dos E.U.A. e Representante Especial para a Diplomacia Global da Saúde, visitou Maputo de 14 a 16 de Junho. O Embaixador Nkengasong fez se acompanhar pela Directora Executiva da ONUSIDA, Winnie Byanyima, que lidera os esforços das Nações Unidas para acabar com a pandemia da SIDA até 2030, e pelo Gestor do Fundo Global, Mark Edington. Esta histórica visita conjunta, a primeira vez que os líderes destas três organizações visitaram Moçambique juntos, sublinha a forte cooperação entre os E.U.A. e Moçambique para combater o HIV/SIDA nos últimos 20 anos, bem como a importância crítica de uma resposta sustentável ao HIV/SIDA.

Durante a sua visita, a delegação reuniu-se com o Primeiro-Ministro Maleiane, o Ministro da Economia e Finanças Tonela e o Ministro da Saúde Tiago, bem como com organizações da sociedade civil. Nessas reuniões, a delegação enfatizou a necessidade de desenvolver uma resposta sustentável ao HIV/SIDA, a importância de proteger os direitos humanos e a necessidade de trabalhar em vários ministérios na abordagem da epidemia do HIV/SIDA em Moçambique. O grupo também visitou o Centro de Saúde Primeiro de Maio, uma unidade de saúde de grande volume em Maputo apoiado pelo PEPFAR e pelo Fundo Global que visa prevenir novas infecções por HIV e TB e aumentar o acesso a serviços de cuidados e tratamento de qualidade para pessoas que vivem com HIV.

“Salvar vidas e acabar com o HIV/SIDA como uma ameaça à saúde pública em Moçambique – e globalmente – até 2030 requer uma resposta sustentável ao HIV/SIDA”, afirmou o Embaixador Nkengasong. “Os Estados Unidos, o Fundo Global e a ONUSIDA estão unidos na nossa parceria com Moçambique para levar acabo esta acção. Através da liderança do país, da colaboração com parceiros bilaterais e multilaterais e do forte envolvimento da sociedade civil, Moçambique pode alcançar as metas de tratamento do HIV da ONUSIDA até 2030.”

“Esta visita conjunta a Moçambique inspirou-nos a todos”, observou Winnie Byanyima, Directora Executiva da ONUSIDA. “O fim do SIDA é possível, mas só se trabalharmos juntos como governo, sociedade civil, parceiros internacionais e ONU, dando poder às mulheres e raparigas, e assegurando que ninguém seja estigmatizado ou excluído. Num país em que o rosto do HIV é o de uma rapariga, em que a cada 20 minutos uma adolescente ou uma jovem é infectada, vimos como, através da aplicação das lições de programas eficazes, podemos ultrapassar as desigualdades que impedem o fim do SIDA. Para chegarmos a toda a gente, vamos precisar de todos nós”.

“Moçambique tem feito ganhos sólidos na redução da propagação do HIV/SIDA e foi impressionante ver algum do trabalho por detrás do progresso nesta viagem”, disse Mark Edington, Director de Gestão de Subvenções do Fundo Global. “Estamos profundamente empenhados em ajudar Moçambique a acabar com o HIV/SIDA como uma crise de saúde pública, mas para sustentar e ampliar este progresso até agora será necessário um forte envolvimento de todos os parceiros, do governo e da sociedade civil.”

O Governo dos E.U.A., o Fundo Global e a ONUSIDA têm prestado apoio significativo e contínuo a Moçambique na sua luta contra o HIV/SIDA desde a sua fundação. Todos os anos, os E.U.A. investem mais de 400 milhões de dólares em financiamento do PEPFAR para Moçambique, com o objectivo de acabar com o HIV/SIDA como uma ameaça à saúde pública até 2030. Nos próximos três anos, o Fundo Global planeia investir 770 milhões de dólares para o HIV, TB e Malária. O governo dos E.U.A. tem apoiado Moçambique na sua luta contra o HIV/SIDA desde que o Gabinete de Coordenação do PEPFAR de Moçambique abriu em 2003.

Para mais informações respeitantes a este comunicado de imprensa, queira contactar a Secção de Imprensa da Embaixada dos E.U.A. pelo MaputoPress@state.gov.